segunda-feira, 12 de julho de 2010

TPM: Como sobreviver???

E aí, pessoas?!
Tudo certo?

Bom...Vamos falar um pouco sobre um assunto delicado e que atinge diretamente a nós mulheres...Apesar de eu ser da opinião de que TODO mundo algum dia, ja passou ou vai passar por um momento tpm na sua vida...Porque eu disse isso??? Porque durante a tpm simplesmente não raciocinamos, agimos instintivamente como se algo nos falasse ao ouvido "de que o mundo esta contra nós..." "Cuidado..." "Essa pessoa esta te irritando..." "Essa pessoa esta te zoando..."E tudo isso faz com que o nosso nervosismo, irritação...Enfim...um sentimento do mal, nos suba a cabeça de forma catastrófica...Não enxergando nada de forma racional...

É...Para exemplificar, seria uma reação que nem no video que postei anteriormente...

Mas vamos entender melhor tudo isso, ok?!


Tensão Pré Menstrual


É um conjunto de sintomas físicos e comportamentais que ocorrem no ciclo menstrual podendo ser tão severos que interfiram significativamente na vida da mulher.


Muitas hipóteses têm sido feitas a respeito das causas dessa doença, mas, atualmente, o que parece prevalecer é que sejam influências hormonais normais do ciclo menstrual que interfiram no sistema nervoso central. Parece haver íntima relação entre os hormônios sexuais femininos, as endorfinas (substâncias naturais ligadas à sensação de prazer) e os neurotransmissores, tais como a serotonina.Isto é, o ovário é que dispara os sintomas da síndrome alterando as atividades dessas substâncias. É importante ressaltar que essa síndrome acompanha a menstruação normal da mulher.


Aqui vão os sintomas mais comuns da TPM:

- Depressão, sentimento de desesperança, pensamentos autodepreciativos;
- Ansiedade, tensão, nervosismo, excitação;
- Fraqueza afetiva, tristeza repentina, choro fácil, sentimento de rejeição;
- Raiva ou irritabilidade persistente, aumento dos conflitos interpessoais;
- Diminuição do interesse pelas atividades habituais;
- Sensação de dificuldade de concentração;
- Cansaço, fadiga fácil, falta de energia;
- Acentuada alteração do apetite;
- Distúrbios do sono;
- Sensação de estar fora do próprio controle;
- Inchaço e/ou sensibilidade mamária aumentada;
- Dor de cabeça;
- Dores musculares;
- Ganho de peso ou sensação de inchaço;
- Desejos por alguns alimentos como chocolates, doces e comidas salgadas.

No entanto, para ser considerada doença, e, portanto, sujeita a tratamento, é importante que esses sintomas de fato interfiram nas atividades habituais da mulher e que ocorram na fase pré-menstrual, e não em todo o ciclo.

Para saber se o seu caso exige algum tipo de tratamento medicamentoso, você deve procurar ao médico, onde sera realizado um controle objetivo do ciclo menstrual (através de um diário) pelo período mínimo de dois ciclos. Devem ser excluídos outros transtornos como hiper ou hipotoroidismo, enxaqueca, fadiga crônica entre outros. Sem contar que na sua avaliação fazerá parte também a história, exame físico cuidadoso, avaliação endócrina ginecológica quando o ciclo menstrual é irregular, perfil bioquímico, hemograma...Enfim...É uma avaliação específica onde o tratamento sera individualizado, de acordo com os sintomas que a mulher referir.


Enfim...O que devemos focar é o seguinte: A TPM não é grave, e os sintomas podem variar a cada ciclo!

O que devemos pensar é na PREVENÇÃO!


Saiba que a alimentação pode ser uma grande aliada na prevenção e no combate dos indesejáveis sintomas.




Calmaaaaaaaa....Não salivem!!! Infelizmente é alimentos como esses que devemos evitar...

Há muito tempo se estuda a respeito da influência dos hormônios na absorção de alguns micronutrientes (vitaminas e minerais) e no metabolismo de água e eletrólitos no curso do ciclo menstrual. Para se ter uma idéia, os hormônios influenciam o metabolismo de minerais importantes como o cálcio e o magnésio e de vitaminas, como é o caso da vitamina D. E é assim que se explicam as alterações deste período.

Então, já sabe: repor estes nutrientes é fundamental... e, claro, beber muito líquido. Para isto, recomenda-se aumentar o consumo de leite e derivados, vegetais verde-escuros, peixes, castanhas (do pará, caju) e cereais integrais.

Algumas mulheres apresentam também, no período da TPM, modificações do comportamento alimentar habitual, que se exemplifica num consumo exagerado de alimentos salgados, doces e, claro, chocolate. É, meninas, mas estes alimentos tem, normalmente, muitas calorias... prejudicando o sucesso da nossa dieta, não é mesmo?!


Como aliviar a TPM:

- Realize atividades que proporcionem bem-estar, como passear no parque;

- Faça uma atividade física. Pode ser uma caminhada ao ar livre, andar de bicicleta, nadar ou jogar tênis. Isso ajuda a reduzir a tensão e a melhorar a autoestima;

- Evite agendar compromissos importantes para os dias que antecedem a sua menstruação;

- Procure se arrumar, mesmo que você não vá sair de casa, isso também ajuda a elevar a sua autoestima;

- Afaste os pensamentos negativos, seja otimista e mentalize coisas boas;

- Procure fazer uma alimentação balanceada com verduras, frutas e legumes;

- Diminua o sal, ele ajuda a desencadear os inchaços, pois contribui na retenção de líquidos.



Bom...É isso!!! Ahhh....Mais uma dica super, mega especial...O dia que você estiver com TPM...E das bravas.... Veja esse vídeo...Eu te garanto: Vai esquecer em dois tempos essa bendita tensão pré menstrual! rsrsrsrsrsssss



video











Certo?! Enviar para o Twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui suas ideias, sugestões e/ou dúvidas.